top of page

Especialistas realizam capacitação para inclusão e acessibilidade para autistas no Beto Carrero






A especialista em Intervenção Precoce do Autismo pelo CBI of Miami (Child Behavior Institute), Amanda Ribeiro, e a especialista em análise do comportamento e psicóloga, Maria Luiza Jordão, idealizadoras da Incluir Treinamentos, promoveram a capacitação para atendimento a pessoas autistas no Beto Carrero World. O parque de Santa Catarina é o primeiro do Brasil a ter funcionários preparados para atender autistas.




Participaram do treinamento 350 colaboradores que realizam algum tipo de atendimento ao público, seja na bilheteria, operando os brinquedos, nos shows, como seguranças, bombeiros ou enfermeiros. Amanda explica que o objetivo da iniciativa é auxiliar os funcionários a entenderem melhor e saber lidar com o Transtorno do Espectro Autista (TEA), considerado também PCD (Pessoa com Deficiência).


“Essa introdução possibilita que os estabelecimentos e seus colaboradores tenham mais condições para o atendimento a autistas, conhecendo as principais características, suas necessidades e sensibilidades”, analisa Maria Luiza.


Os trabalhos se estendem a todo o parque. “Além dos treinamentos, uma avaliação técnica orientou os coordenadores do espaço sobre alterações de processos internos que contribuirão para melhor recepção e acolhimento de autistas”, comenta Amanda.


Também foi tema do treinamento o atendimento prioritário e a inserção do laço composto por quebra-cabeça coloridas nas placas de prioridade dos estabelecimentos. Símbolo mundial da conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), o significado do laço ainda é desconhecido para muitas pessoas.


O emblema foi adotado em 1999 e representa o mistério e a complexidade do autismo. Sua composição com peças coloridas remete à diversidade de pessoas e famílias que convivem com o transtorno, enquanto as cores fortes simbolizam a esperança em relação aos tratamentos e à conscientização da sociedade em geral.




Vencedoras do Prêmio Nacional de Turismo 2019 na categoria Sensibilização, Qualificação, Certificação e Formalização no Turismo com o projeto de treinamento exclusivo, as especialistas visam capacitar profissionais de diversas áreas para que eles possam receber, atender e incluir pessoas com TEA (Transtorno do Espectro Autista) nos serviços oferecidos.


Concluída a capacitação, o Beto Carrero Word está certificado e com 85% dos colaboradores aptos para atendimento prioritário, identificados por boton com laço do TEA; com mudança das placas preferenciais para prioritárias no castelo; identificação com laço do TEA na esteira das catracas, na sala anexa ao fraldário e nos bancos prioritários dos shows.




Amanda comemora, “Uma empresa que demonstra responsabilidade social, se preparando para recepcionar pessoas com TEA, traz benefícios para os autistas e suas famílias, para o empreendimento e para a sociedade, ampliando a inclusão social”.


Gostou das dicas? então compartilhe com um amigo, deixe o seu comentário, siga nossas redes sociais!


Instagram: @mamaequeviaja

Facebook: https://www.facebook.com/mamaequeviaja/

Youtube: Canal: Mamãe Que Viaja

Abraço,

Amanda Ribeiro

Comentários


POSTS RECENTES:
PROCURE POR TAGS:
bottom of page